Roteiro pela Europa 1

Quando planejamos nossas viagens, sempre bate aquela dúvida sobre quanto tempo ficar em cada cidade ou país. Na nossa primeira viagem à Europa a vontade de ir em vários lugares era enorme, mas tivemos que tirar várias cidades da nosso “roteiro ideal”. Era inviável devido aos custos com a locomoção e principalmente pela falta de tempo. É importante estar ciente do tempo que é perdido nos deslocamentos entre as cidades e países, além do check-in e check-out dos hotéis. Quando o deslocamento é feito por avião, apesar da viagem mais rápida, o tempo de espera nos aeroportos é maior e mais desgastante, é preciso levar isto em consideração no roteiro final.

Se você está em dúvida em relação sobre quanto tempo ficar em cada cidade, segue abaixo o roteiro da nossa viagem. Lembrando que roteiros são sempre muito pessoais, dependem do estilo e da maneira de viajar de cada um. Este que nós fizemos não é nem o melhor, nem o pior, mas garantimos que ele é possível. Mesmo que você não pretenda fazer da mesma forma que fizemos, ele pode ajudar a tirar algumas de suas dúvidas. As que ele não ajudar a tirar, nós ajudamos. Entre em contato conosco!

Roteiro Europa 1

Chegamos a Londres pelo aeroporto de Heathrow, e fomos para o nosso hotel de metrô (também existe a opção de um trem, que é mais rápido e também mais caro). Chegamos tarde ao hotel e só saímos para fazer um lanche por perto.

Passamos um dia (bate-volta) em Liverpool e outro no Harry Potter – Warner Bross Studio’s, os outros dois dias foram dedicados a conhecer a cidade.

De lá seguimos, de trem, para Paris e reservamos um dia da nossa estadia para conhecer o Chateau de Versailles.

Da França fomos para a Suíça. Pegamos o trem Paris-Lausanne e na estação compramos a outra passagem de trem para Lucerna. De Lucerna fomos, também de trem, para Zurique, deixamos nossas malas no guarda-volumes para poder dar uma volta pela cidade e depois fomos para o aeroporto, onde pegamos nosso voo para Roma. Ficamos três dias em Roma, sendo um dia para o Vaticano que fica dentro da cidade.

De Roma fomos de trem para Milão. De lá, aproveitamos para fazer dois ‘bate-volta’, um para Pisa e outro para Veneza. Passamos um dia e meio em Milão e depois retornamos ao Brasil.

Para entrar na Europa é OBRIGATÓRIO ter um seguro viagem. Não nos foi solicitado o comprovante na imigração, mas não vale a pena correr o risco de ter que voltar do aeroporto, além de você ficar muito mais tranquilo em caso de algum incidente. Fizemos o nosso com essa empresa pois foi a cotação mais baixa que encontramos na época.

Realizamos esta trip em outubro/2014.

Deixe suas impressões ou dicas nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *